Best Life Saúde

O que é plano de saúde com coparticipação?

Copartição

Muitas pessoas se interessam pelos planos com coparticipação por conta das vantagens financeiras que eles oferecem. Mas você sabe o que é plano de saúde coparticipação e como funciona este recurso?

Em dados divulgados pelo Ibope, é estimado que cerca de 70% da população brasileira não possua plano de saúde particular, principalmente pelo custo que estes serviços implicam ao orçamento familiar. Apesar disso, muitas pessoas entendem os benefícios e a segurança que a cobertura assistencial garante para a família, e tem como meta garantir a sua proteção com o auxílio de uma seguradora.

Para diminuir este peso no bolso que as mensalidades ocasionam, foi instituída a ferramenta da coparticipação. Assim, é possível que mais pessoas tenham acesso a coberturas básicas de planos, sem que isso comprometa a sua saúde financeira.

Compreendendo a importância deste tema, preparamos este artigo para você entender melhor como tudo isso funciona. Confira abaixo o que é plano de saúde coparticipação e como este recurso é aplicado na prática para os beneficiários.

O que é plano de saúde coparticipação

O plano de saúde coparticipação é muito similar a qualquer outro plano de saúde individual ou coletivo. Mas o que é plano de saúde coparticipação, o que torna ele diferente dos planos tradicionais?

A principal diferença está na forma de cobrança. Embora ainda conte com mensalidades a serem pagas todo mês, o valor destas cobranças é reduzido em relação aos outros planos. Em troca deste benefício, é cobrada uma taxa a cada serviço utilizado.

O que é cobrado no plano com coparticipação?

De forma geral, pode ser cobrada uma taxa sobre praticamente todos os serviços do plano, com exceção dos exames realizados em regime de internação. Em consultas médicas, o valor é cobrado por cada consulta – mas retornos dentro de 30 dias não devem cobrar coparticipação.

Existe uma taxa também sobre exames simples, que são aplicadas por exame, e não por coleta. Por exemplo, ao fazer exames de sangue, coletando apenas uma vez você poderá fazer vários exames diferentes. É com base no número de análises que são aplicadas as cobranças adicionais da coparticipação.

Os exames especializados são exames mais complexos, e são cobrados individualmente. A ressonância magnética é um exemplo de exame especializado – fazendo qualquer ressonância magnética, é cobrada a taxa padrão. A internação funciona da mesma maneira que os exames especializados: será cobrado o valor da coparticipação pela internação, sem importar se ela se estender por 1 ou 10 dias.

Como funcionam as taxas da coparticipação?

A parte das taxas depende bastante. Cada seguradora terá os seus valores e a sua forma de aplicação. As operadoras podem cobrar o custo da coparticipação tanto com taxas fixas para cada procedimento ou serviço quanto com valores percentuais. Assim, uma consulta pode custar tanto um preço fixo de 25 reais quanto 15% do valor do serviço.

Esta definição deve estar claramente prevista em contrato, e é um dos itens mais importantes a analisar no momento de contratação do plano. No entanto, a internação deve sempre ter um valor fixo, sendo vedada pela ANS a cobrança em porcentagem neste caso.

Como saber se o plano coparticipação é vantajoso?

A vantagem depende de cada caso. O plano de saúde por coparticipação é muito bom para quem está atrás de mensalidades mais em conta sem querer deixar a saúde de lado, pois possui a mesma cobertura que os planos tradicionais. No entanto, o recurso da coparticipação só é vantajoso quando os segurados têm boas condições de saúde, e não precisam consumir com frequência os serviços do plano.

Para situações em que os beneficiários utilizam o convênio mais do que a média, o plano sem coparticipação pode valer mais a pena, pois ao realizar muitas consultas e exames o custo-benefício das taxas de coparticipação podem não compensar. No geral, perfis de consumidores com bebês e crianças pequenas, pessoas com doenças crônicas, indivíduos que precisam de tratamentos específicos e população da terceira idade não se beneficiam muito da opção de coparticipação em seus planos.

E você, já sabia o que é plano de saúde coparticipação? Sabe se é mais vantajoso ter um plano tradicional ou com coparticipação para a sua família? Entre em contato com a equipe Compara que ajudaremos você a encontrar o melhor plano para as suas necessidades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *