Best Life Saúde

Outubro Rosa: como engajar sua empresa nessa campanha

Outubro rosa

Nessa época do ano, ouve-se falar mais a respeito do Outubro Rosa. Essa campanha ajuda a disseminar em todo o mundo informações sobre o câncer de mama e a sensibilizar as pessoas sobre a importância do controle e do diagnóstico precoce.

De acordo com dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer), o câncer de mama é o segundo mais comum entre as mulheres. Diante disso, o Outubro Rosa é um importante mecanismo para dar visibilidade a esse problema e a um comportamento mais preventivo. Afinal, quanto antes for feito o diagnóstico, maiores são as chances de cura.

A Best Life Saúde tem a ferramenta de gestão de risco que possibilita o mapeamento da população feminina, na respectiva faixa etária de risco. O detalhamento e qualidade da informação permite identificar quem já fez e quem falta fazer o exame.

A seguir, descubra mais sobre a campanha Outubro Rosa e veja dicas de como integrá-la em sua empresa, demonstrando cuidado com a saúde e bem-estar de seus funcionários.

O que é o Outubro Rosa?

Trata-se de um movimento de abrangência internacional visando a conscientização para o controle do câncer de mama. A campanha, realizada anualmente no mês de outubro, foi criada na década de 1990, pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, inicialmente, como uma ação local, mas que logo ganhou proporções globais.

Na ocasião, foi lançado o laço rosa que se tornou símbolo da campanha e que foi distribuído aos participantes da primeira corrida relacionada ao evento e, com isso, a cor rosa também passou a representar o movimento.

O Outubro Rosa traz visibilidade e promove disseminação de informações sobre esse problema que atinge um grande número de mulheres, objetivando contribuir para reduzir os índices de mortalidade por meio de um diagnóstico e tratamento precoces.

Para isso, diversas instituições governamentais e privadas se engajam para abordar o tema, realizar eventos e dar suporte para que as mulheres realizem exames e tenham acesso às informações sobre diagnóstico, prevenção e tratamento do câncer de mama.

Qual a importância do diagnóstico precoce para o câncer de mama?

O câncer de mama é uma espécie de tumor maligno que ataca o tecido mamário. Ele se instaura quando acontece alguma modificação de trechos das moléculas de DNA, o que leva à multiplicação das células anormais que ocasionam o tumor.

De acordo com o Instituto Oncoguia, a detecção precoce do câncer de mama pode elevar expressivamente as possibilidades de cura, já que 95% dos casos diagnosticados em estágio inicial apresenta chance de cura. Dados como esse mostram a importância do exame de mamografia, uma vez que essa é a principal forma de rastreamento da doença.

Há fatores de risco para o câncer de mama? Quais os sinais de alerta?

Quando se trata de câncer, há causas multifatoriais envolvidas. No entanto, há alguns fatores relacionados a um risco elevado. Entre eles, estão:

  • Ser mulher: embora homens também possam apresentar casos de câncer de mama, ele acomete com maior incidência as mulheres (apenas 1% dos casos ocorre no público masculino, conforme dados do Ministério da Saúde);
  • Histórico: quem já apresentou tumor em uma mama apresenta maior risco de desenvolvimento do câncer na outra mama, assim como quem tem casos na família;
  • Genética: algumas mutações elevam o risco para o câncer de mama (tais como as BRCA1 e BRCA2);
  • Exposição prévia à radiação;
  • Obesidade;
  • Gestação depois dos 30 anos ou nunca ter engravidado;
  • Uso de determinados medicamentos (como os de terapia de reposição hormonal);
  • Entre outros.

Entre os sinais de alerta, que podem já ser percebidos com o autoexame, podemos destacar alterações na simetria e contorno das mamas; mudanças na cor dos mamilos; nódulos ou caroços nas mamas ou axilas; vermelhidão e presença de secreção. Ao apresentar esses sinais, é importante que se procure um médico para o diagnóstico correto e preciso.

Como uma empresa pode se engajar na campanha do Outubro Rosa?

Há diversas formas de se engajar no Outubro Rosa e oferecer apoio e informação a seus colaboradores.

Antes da pandemia, muitas organizações realizavam eventos presenciais como corridas e desfiles de moda com a presença de sobreviventes do câncer de mama. Nesse momento, é possível pensar em formatos alternativos, como lives, matéria no informativo, palestras online com especialistas e drops inspiracionais de sobreviventes que podem ser inseridos na intranet ou enviados por e-mail aos colaboradores, por exemplo.

Outra ação característica para destacar a causa é a iluminação de prédios e monumentos em rosa. Entre as alternativas mais práticas, se forem utilizados refletores em sua empresa, é possível apenas colocar neles uma tela de “gelatina cenográfica rosa”, sem precisar trocar as lâmpadas ou alterar a instalação elétrica.

Estabelecer um dia para incentivar que os colaboradores se vistam de rosa – seja na empresa ou no home office – também pode ajudar a dar visibilidade ao movimento.

Outra iniciativa bastante importante é criar ações de incentivo para que, especialmente as funcionárias que fazem parte do grupo de maior risco, adotem uma rotina de autocuidado e façam a mamografia. Essa pode ser uma ação atrelada à oferta de plano de saúde para os colaboradores.

Ainda, conforme pesquisa, verificou-se que 12% dos óbitos causados por câncer de mama no Brasil poderiam ser evitados por meio da prática regular de exercícios físicos. Oferecer ginástica laboral ou incentivar as funcionárias a aderirem a esse hábito também é importante.

Nessa pesquisa, também se constatou que 6,5% das mortes ocasionadas por essa doença estavam associadas ao consumo de bebidas alcoólicas, à obesidade e a uma dieta não balanceada, rica em açúcar. Se sua empresa oferece plano de saúde, esse pode ser um estímulo para incentivar os funcionários a consultarem um nutricionista para adotarem uma rotina alimentar mais saudável.

E então, que tal aderir a essa campanha tão importante? Quais ações sua empresa realiza pensando no bem-estar e na saúde dos colaboradores? Compartilhe suas dúvidas e experiências nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *