Best Life Saúde

Síndrome de Burnout e saúde dos colaboradores

Burnout

A Síndrome de Burnout atinge os funcionários quando eles esgotam suas limitações físicas ou emocionais. Isso geralmente ocorre como resultado de estresse prolongado ou frustração. Às vezes, a causa é o ambiente de trabalho. Trabalhos estressantes, falta de suporte e recursos e prazos apertados podem contribuir para o esgotamento. Outras vezes, o esgotamento tem mais a ver com as expectativas dos funcionários em relação a si próprio ou às suas particulares pessoais.

Esse esgotamento da Síndrome de Burnout pode se manifestar de várias maneiras, incluindo as seguintes:

  • Frustração ou indiferença em relação ao trabalho
  • Irritabilidade persistente
  • Raiva, sarcasmo ou argumentação
  • Exaustão

Mas como a Síndrome de Burnout prejudica a saúde dos colaboradores? Descubra logo a seguir.

O que é Síndrome de Burnout?

A Síndrome de Burnout é mais do que apenas uma sensação de estresse no trabalho. Trata-se de um distúrbio psíquico de caráter depressivo, precedido de esgotamento físico e mental intenso. Na prática, essa condição gera uma sensação de incapacidade de reunir entusiasmo ou motivação para o seu trabalho e falta de prazer no que faz.

Segundo informações disponibilizadas pelo Ministério da Saúde, a principal causa da Síndrome de Burnout é justamente o excesso de trabalho. Por isso, essa síndrome é comum em profissionais que atuam diariamente sob pressão e com responsabilidades constantes – como médicos, enfermeiros, professores, policiais, jornalistas, dentre outros.

Entretanto, existem vários fatores que podem contribuir para o burnout – incluindo características relacionadas ao trabalho, estilo de vida e características de personalidade.

Como uma Síndrome de Burnout prejudica a saúde dos colaboradores?

A maioria dos funcionários com esgotamento permanecerá no trabalho. Estar ciente das mudanças de atitudes e energia pode ajudar na identificação precoce. Os funcionários podem não perceber que estão lidando com o burnout e, em vez disso, podem acreditar que estão apenas lutando para se manter afastado em momentos de estresse. O estresse, no entanto, é geralmente sentido como sensação de ansiedade e sensação de urgência, enquanto o esgotamento é mais comumente sentido como desamparo, desesperança ou apatia.

Os funcionários podem não estar cientes dos impactos em seu desempenho que isso pode ter, como aumento de erros ou redução da produtividade. Os empregadores e colegas de trabalho podem atribuir como mudanças a uma atitude insatisfatória ou perda de motivação. Os efeitos negativos da Síndrome de Burnout podem aumentar antes que alguém reconheça ou resolva o problema – e o burnout não resolvido pode aumentar a chance de desenvolver depressão clínica ou outras condições graves.

Alguns dos sinais e sintomas que um funcionário em esgotamento pode apresentar incluir:

  • Eficiência e energia reduzidas
  • Níveis reduzidos de motivação
  • Aumento de erros
  • Fadiga
  • Dores de cabeça
  • Irritabilidade
  • Frustração aumentada

Além disso, se não for tratada, uma Síndrome de Burnout pode causar uma série de outras consequências – incluindo:

  • Má saúde física
  • Depressão clínica
  • Satisfação no trabalho reduzida
  • Produtividade diminuída
  • Aumento do absenteísmo
  • Maior risco de acidentes
  • Baixo moral no local de trabalho
  • Quebra de comunicação
  • Aumento da rotatividade

Estratégias de Prevenção

Existem algumas estratégias que você pode adotar para prevenir casos de Síndrome de Burnout entre os colaboradores da organização. Veja algumas delas:

  • Forneça expectativas claras para todos os funcionários e de que cada funcionário entende essas expectativas.
  • Verifique se os funcionários têm os recursos e habilidades para atender às expectativas.
  • Ajude os funcionários a compreender seu valor para a organização e suas contribuições para os objetivos da empresa.
  • Garanta uma carga de horas de trabalho razoável, incluindo, se necessário, o envio de funcionários para casa não final de seu dia normal de trabalho.
  • Ajude a avaliar a carga de trabalho para aqueles que se sentem pressionados a permanecer trabalhando além do horário comercial normal.
  • Defina expectativas razoáveis ​​e realistas. As organizações devem ter clareza sobre quais atividades os mais altos padrões e quando é correto reduzir o nível de exigência e ainda atender às necessidades de negócios.
  • Incentivo o apoio social e o respeito dentro e entre as equipes de trabalho.

Você já conhecia os efeitos negativos da Síndrome de Burnout? Ficou com dúvida sobre o assunto? Deixe o seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *